ABSeV Apoia o Movimento Maio Amarelo #MinhaEscolhaFazADiferença

 

Maio Amarelo alerta sobre a importância da escolha certa para preservar vidas

 

A vida é feita de escolhas. E no trânsito isso não é diferente. Você pode, ou não, escolher beber antes de dirigir; atender ao celular ou mandar mensagens de texto enquanto estiver ao volante. Pode ainda escolher não respeitar o limite de velocidade, a sinalização, o que determina o semáforo, a faixa de pedestres, entre outras.

 

Mas sabe que, de decidir agir deste modo, você estará fazendo a escolha errada, que poderá trazer consequências sérias como a perda de sua própria vida, um grave ferimento, uma invalidez a você próprio, aos seus passageiros ou às pessoas com as quais compartilha as vias.

 

Esta é a mensagem levada neste mês pelo Movimento Maio Amarelo, que tem por objetivo alertar a sociedade sobre o elevado número de mortos e feridos graves nas vias e rodovias do Brasil e do mundo, e de incentivar a promoção de ações que visem alertar para a questão. Para isso, o tema do Movimento em 2017 é “Minha escolha faz a diferença”, mote, inclusive, aprovado pelo CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) em janeiro passado para estampar todas as campanhas de educação para o trânsito ao longo do ano em todo o país.

 

Vídeos, spots de rádio e materiais para impressos e redes sociais, entre outros, produzidos pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, chamam a atenção para a necessidade da melhor escolha. Afinal, dados dão conta de que 90% dos acidentes de trânsito têm como causa o fator humano: imperícia, imprudência, desatenção e desrespeito às regras. Ou seja,  com a mudança de comportamento e a escolha certa, é possível que o quadro desolador visualizado nas vias e rodovias brasileiras, que motivou mais de 43 mil mortes em 2014 (cerca de 120 por dia), seja revertido.

 

Além da dor da perda, da contração de invalidez permanente, entre outros prejuízos, ao acidentes de trânsito no Brasil geram custo da ordem de R$ 56 bilhões ao Estado, recursos que poderiam ser aplicados em benefícios sociais com, por exemplo, a construção de escolas, de hospitais, etc.

 

Por isso, a mensagem do Movimento Maio Amarelo de 2017 é simples e direta: faça a melhor escolha no trânsito. Não deixe de respeitar as regras, não apenas para, por exemplo, evitar multas, mas, muito mais que isso, para preservar vidas (inclusive a sua) no trânsito.

 

Maio Amarelo

 

O Movimento Maio Amarelo tem por objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Criado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária na esteira da determinação da  Assembleia-Geral das Nações Unidas  (ONU) que editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito,  o Maio Amarelo é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil.

 

A intenção é colocar em pauta a segurança viária e mobilizar toda a sociedade para discutir o tema, estimulando o cidadão a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada um, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito. Ações do Maio Amarelo são desenvolvidas em todos os estados brasileiros e em outros 26 países nos cinco continentes.

 

 

Maiores informações sobre a campanha http://maioamarelo.com/